O CCUERN


     

banner

rs2fbttyt



his qs  estr eq cr evpodazuldcfc


O Complexo

O Complexo Cultural da UERN (CCUERN) é uma Diretoria da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e tem por finalidade planejar, articular, promover e gerir ações de extensão envolvendo os Setores de Cursos e de Eventos do próprio CCUERN e os departamentos acadêmicos da UERN, especialmente os do Campus de Natal.

As ações realizadas no CCUERN se desenvolvem em consonância com a Política Nacional de Extensão Universitária e estão voltadas prioritariamente à promoção e difusão da cultura e das artes, além de ações nas áreas da saúde, desporto, lazer, inclusão digital e cidadania.

Ao longo de sua trajetória o CCUERN vem desenvolvendo projetos, cursos, eventos, prestação de serviços entre outras atividades que contemplam artes cênicas, artes visuais, música, dança, audiovisual, literatura, artesanato, inclusão digital, educação, meio ambiente, saúde, esportes, direitos humanos, justiça, cidadania e trabalho.

O CCUERN atua prioritariamente em dois grandes eixos que estão definidos também na sua organização administrativa:

  • Setor de Eventos: atua no planejamento, acolhimento e encaminhamento de propostas de eventos a se realizar nas dependências do CCUERN;
  • Setor de Cursos: coordena a oferta dos cursos e atividades de extensão de caráter regular que funcionam no CCUERN;

Nossa História

Complexo Cultural foi inaugurado em 30 de março de 2010 pela Governadora Wilma Maria de Farias e pelo Reitor da UERN Milton Marques de Medeiros. A estrutura física foi construída no local onde funcionou a Penitenciária Central Doutor João Chaves.

Em 1968, quando o Conjunto Potengi não passava do esboço do que é hoje, as primeiras casas da região foram ocupadas pelos militares que cuidavam da segurança do presídio. No período ditatorial a penitenciária recebeu presos políticos, mas com a escalada da violência, as rebeliões, os presos de alta periculosidade e os crimes brutais contra detentos o presídio passa a ser conhecido popularmente como o Caldeirão do Diabo.

A partir de 2003 o Ministério Público do Estado envidou esforços em documentar com laudos o comprometimento da estrutura física do presídio e com isso quatro décadas de triste história da João Chaves inicia seu capítulo final. O último detento do sistema fechado deixou a penitenciária em março de 2006.

No dia 23 do mesmo mês as paredes do velho Caldeirão foram demolidas e em seu lugar surgia o projeto de um novo tempo, que chegou a ser batizado popularmente de Caldeirão da Cultura, mas se concretizou na prática com vários nomes oficiais que se sucederam: Complexo Cultural de Todos, Complexo Cultural da Zona Norte e Complexo Cultural de Natal.

Desde sua inauguração o Complexo Cultural de Natal (CCN) ficou sob a gestão da UERN, que além de desenvolver a proposta cultural intrínseca à unidade, também abrigou no local o Núcleo de Prática Jurídica do Campus de Natal e, a partir de 2011, instalou o Curso de Graduação de Ciências da Religião. A UERN realizou ainda parcerias e convênios que possibilitaram a oferta de serviços e atendimentos à comunidade por meio do Hemonorte e da Defensoria Pública do Estado, entre outros.

No final de 2013, com a gestão do Reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto e do Pró-Reitor de Extensão Etevaldo Almeida Silva se estreitaram as relações entre o Complexo Cultural e a PROEX, a partir da compreensão de afinidade do perfil de atuação da Pró-Reitoria e das ações que o Complexo Cultural realizava. Com isso, o Complexo Cultural passa a ser tratado como estrutura vinculada à PROEX, o que é definitivamente consolidado com a Resolução 026/2014 – CONSUNI/UERN. Com a regulamentação interna o Complexo Cultural de Natal passou a se chamar Complexo Cultural da UERN (CCUERN), constituindo uma Diretoria Administrativa da PROEX.

Em sintonia com uma política de austeridade da gestão pública e objetivando enxugar gastos com a manutenção da Universidade, em março de 2015, a estrutura do Campus de Natal foi acolhida provisoriamente nas instalações do CCUERN e deverá permanecer até a conclusão das obras da sede própria. A ocupação das instalações prezou pelo planejamento de forma que preservou espaços e ações do CCUERN e não houve prejuízo ou qualquer tipo de comprometimento da oferta de atividades do CCUERN.

Desde o início de suas atividades o CCUERN já ofertou mais de 10.000 vagas em atividades, oficinas e cursos beneficiando diretamente público da comunidade. Em sua política de eventos, parcerias e cessões de uso o CCUERN proporcionou o acesso de milhares de pessoas a serviços públicos, ações de cidadania, justiça, lazer, cultura, entretenimento e saúde, além de formação, acesso à educação e aperfeiçoamento profissional.

Nossa Missão

Educar, produzir e disseminar o saber cultural, por meio da educação pela arte, promovendo a cidadania cultural e o lazer à população, comprometendo-se com a justiça social, a democracia e o desenvolvimento sustentável da sociedade potiguar.

Nosso Objetivo 

Promover ações de extensão pautadas na produção e disseminação do saber cultural, comprometidas com a cidadania e com o desenvolvimento sustentável da sociedade potiguar.


Atualizado por: Priscila Nogueira Kruger em 21/03/2017 (Setor para Contato: PROEX - Complexo Cultural da UERN )

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Universitário Central, Rua Professor Antônio Campos, s/n, BR 110, km 48, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN | 59600-000 | proex@uern.br | (84)3315-2183
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^